Juiz usa personagem ribeirinho para “traduzir juridiquês” no Pará

Augusto Pinheiro BELÉM – O juiz paraense Cláudio Rendeiro incorpora o personagem Epaminondas Gustavo, um ribeirinho de Cametá, cidade no nordeste do Pará, para explicar conceitos jurídicos à população. Durante o jornal matutino diário da Rádio Cultura, ele entra com o “Escuta, Mano, o Meu Recado” e usa o linguajar e as expressões típicas dos […]

Leia Mais

Os carroceiros de água da terra de Zé Ramalho, na Paraíba

Francinaldo de Resende, o Naldo da Água. em Brejo do Cruz (PB).

Fabiano Maisonnave BREJO DO CRUZ (PB) – São 2h50 da manhã quando Francinaldo de Resende, o Naldo da Água, chega ao poço. Montado sobre o cilindro de água que faz as vezes de charrete, conduz duas carroças-pipa —uma vem a reboque. A terceira chegaria um pouco mais tarde, sob responsabilidade do filho Jeanderson, 18. Ele […]

Leia Mais

Hospital da Bahia traz irmãos para visitar recém-nascidos na UTI

Isaac Nilton e a irmã recém-nascida Isis Valentina durante visita no Hospital Manoel Novaes, em Itabuna (BA). Credito Crédito: Arquivo Pessoal / Divulgação

Mário Bittencourt VITÓRIA DA CONQUISTA (BA) – Já havia mais de duas semanas que Otávio Augusto, 10, morador de Ilhéus, litoral sul da Bahia, estava ansioso para ver a irmã Elise Nathaly, nascida 19 de fevereiro no Hospital Manoel Novaes, em Itabuna, cidade vizinha, separadas por 31 km. O garoto, todos os dias, pedia para […]

Leia Mais

A guardiã de cães e gatos de Ilhabela, no litoral norte de São Paulo

A aposentada em sua casa em área alta de Ilhabela, isolada dos vizinhos

Reginaldo Pupo ILHABELA No dicionário de Dochie Dobrota, 61, Ilhabela é um conjunto de ilhas cercado de cães e gatos doentes e idosos por todos os lados que precisam de um lar. No litoral norte de São Paulo, a aposentada há 20 anos recolhe nas ruas do arquipélago animais em sua maioria com idade avançada […]

Leia Mais

A fábrica centenária de foices no interior do Paraná

Acir queima o aço no forno pra dar forma à foice com o martelo – Fotos Sebastião Natalio/Folhapress

SEBASTIÃO NATALIO PONTA GROSSA Há 112 anos, a fábrica de foices Pedro Werner resiste ao tempo e às novas tecnologias, mas teme ter que fechar as portas em Ponta Grossa, no interior do Paraná. Administrada pela quinta geração da família Werner, a indústria mantém os mesmos processos de produção de desde o princípio, além de […]

Leia Mais

O biólogo de Manaus que incorpora Uýra, uma drag amazônica

As saias que Uýra usa são feitas com tecidos de sombrinhas encontradas nas ruas – Matheus Belém/Divulgação

Luana Carvalho, de Manaus Rodeado de garrafas pets e sacos plásticos, Uýra Sodoma posa para mais um ensaio fotográfico em um dos igarapés –pequenos cursos de água– poluídos que cortam a cidade de Manaus. As folhas na cabeça simbolizam a floresta. As conchas nos olhos fazem referência aos orixás. A tinta preta pelo corpo, em […]

Leia Mais

Laranjas escondem contrabando em fundo de carro, lingerie e até no tênis

POR MARCELO TOLEDO, EM SANTA TEREZINHA DO IGUAÇU (PR) O policial rodoviário federal para um carro na BR-277 e começa a vistoria-lo. Abre o porta-malas, o porta-luvas e não detecta nada estranho. Mas o comportamento nervoso do motorista desperta sua atenção, e ele continua a analisar o veículo. Após dez minutos de vistoria, encontra um […]

Leia Mais

A improvável sopa de leite e outras receitas europeias mantidas no Paraná

O nhoque de abacate, receita do chef Paulo Gustavo Sartorio – Rony Delgado Siqueira/Divulgação

Helena Carnieri CURITIBA Uma médica de Curitiba fez seu casamento no interior do Paraná há 12 anos, na cidade do marido, em Santo Antônio do Sudoeste, e ficou surpresa com o cardápio: churrasco com cuca (bolo coberto com farofa doce). Naquele momento ela era apresentada à culinária “da roça” sulista, em que não faltam animais […]

Leia Mais

Hamilton, o guardião de 400 chaves do comércio no interior do Paraná

SEBASTIÃO NATALIO COLABORAÇÃO PARA A FOLHA, EM PONTA GROSSA Com um molho de 400 chaves nas mãos, nenhuma com identificação, seu Hamilton Macedo, 81, percorre as principais ruas de comércio de Ponta Grossa, no interior do Paraná, abrindo e fechando as vitrines. A rotina começa às 5h da manhã e termina por volta de 8h, […]

Leia Mais