Em PE, um terço dos eleitores desconhece o número do candidato

Por brasil

DANIEL CARVALHO, DO RECIFE

Um dado curioso chama a atenção na pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (2): 35% dos eleitores que já escolheram em quem votar para governador de Pernambuco não sabem o número do candidato na urna.

Abaixo, veja essa e outras curiosidades da pesquisa que aponta vitória de Paulo Câmara (PSB), com 46% das intenções de voto, sobre Armando Monteiro Neto (PTB), que tem 36%.

DATAPE1

1) Qual o seu número?

A pesquisa mostra que 22% dos eleitores de Paulo Câmara não sabem qual o número do candidato, e 2% erraram o número. A situação de Armando Monteiro Neto é mais complicada: 48% disseram não saber qual o número dele, e 3% erraram. E não há mais propaganda na TV e no rádio para ajudar.

2) Juventude

Câmara vence Monteiro em todas as faixas de idade. A maior discrepância está no eleitorado mais jovem, entre 16 e 24 anos. Enquanto o petebista tem 31% as intenções de voto nesse segmento, o candidato do PSB tem 52%.

3) Educação

O afilhado político de Eduardo Campos também leva vantagem sobre Monteiro, apoiado pela presidente Dilma e pelo ex-presidente Lula, em todos os níveis de escolaridade. A vantagem mais ampla está no ensino superior: 58% x 30%.

4) Renda familiar

Câmara também tem uma vantagem maior entre os mais abastados de Pernambuco. Entre os que ganham mais de dez salários mínimos ele tem 68%, ante 20% de Monteiro.

5) Capital x Interior

A maior parte dos votos de Paulo Câmara está na capital (44%), enquanto Monteiro tem mais votos no interior (28%). No interior, Câmara tem 33%. Na capital, Monteiro tem 14%.

6) Ninho tucano

Os tucanos fizeram da Frente Popular de Pernambuco, coligação liderada por Câmara, seu ninho. Segundo a pesquisa, 82% dos eleitores que se declararam simpáticos ao PSDB votam em Câmara, enquanto apenas 15% dos tucanos votam em Monteiro.

7) Senado

Atrás do deputado João Paulo (PT), que tem 37% das intenções de voto, na corrida pelo Senado, o ex-ministro da Integração Fernando Bezerra (PSB), com 30%, só tem mais votos que o adversário em dois estratos da sociedade.

Ele vence entre os que têm ensino superior (48% x 28%) e entre os que ganham de mais de cinco a dez salários mínimos (49% x 30%). Nos demais recortes, o pessebista empata ou perde.

Outro detalhe na disputa pelo Senado é que 47% não sabem o número do candidato em quem vão votar.

8) Presidente

Considerando só os eleitores dos pernambucanos, Dilma tem 45% das intenções de voto. Marina Silva (PSB) tem 38% e Aécio Neves (PSDB), 4%.

Em um eventual segundo turno entre Dilma e Aécio, ela ganharia com 58%, ante 28% do tucano. Considerados apenas os votos válidos, o placar seria 68% X 32%.

Se a disputa do segundo turno fosse contra Marina, haveria um empate técnico: Dilma tem 47% e Marina, 45%. Se observados apenas os votos válidos, o resultado seria 51% X 49%, com vitória de Dilma.

Questionados sobre que nota dariam para o desempenho da presidente Dilma à frente do governo, eis o resultado: 18% dariam nota dez; 17%, nota oito, 13%, nota sete; 10%, nota cinco; e 11% dariam nota zero.

* O Datafolha ouviu 1.264 eleitores, em 45 municípios do Estado. A margem de erro da pesquisa, realizada na quarta (1) e quinta-feira (2), é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral com os números PE-00036/2014 e BR-00933/2014.

Siga o blog Brasil no Twitter (@Folha_Brasil) e no Facebook (www.facebook.com/BlogBrasil)