Felipão pede votos para ex-jogador no horário eleitoral

Por brasil

FELIPE BÄCHTOLD, DE PORTO ALEGRE

O ex-treinador da Seleção Brasileira Luiz Felipe Scolari, hoje no Grêmio, apareceu no horário eleitoral do Rio Grande do Sul pedindo votos para um ex-jogador que é candidato a deputado estadual.

Em uma breve mensagem, Felipão diz que Jardel, ex-atacante do clube gaúcho nos anos 90, será “um grande deputado” e fará “muitos gols” a favor do Estado. Na TV, foi exibida apenas uma gravação de áudio com a voz do treinador.

Jardel, 41, é candidato pelo PSD e passou a usar na internet fotos do técnico. No Grêmio treinado por Felipão, ele foi campeão da Copa Libertadores da América de 1995.

Não é a primeira vez que o treinador se envolve diretamente com uma campanha eleitoral. Em 2002, semanas após comandar a Seleção na conquista do penta, o técnico aceitou posar para fotos junto com Ciro Gomes, que concorria à Presidência pelo PPS.

Durante a campanha, o então candidato recebeu das mãos do à época presidente da CBF, Ricardo Teixeira, uma camisa autografada com o número 23, que era seu número de urna naquele ano. Felipão, Cafu, Roberto Carlos e Kaká o acompanharam. Rivaldo, astro da equipe campeã mundial, se recusou a comparecer.

felipao1
O técnico Luiz Felipe Scolari, em foto de abril de 2013 // Karime Xavier/Folhapress

GREMISTAS EM SÉRIE

Além de Jardel, outros dois ex-jogadores do Grêmio de 1995 são candidatos no Rio Grande do Sul neste ano. O ex-volante Dinho (PRB) é seu concorrente direto a uma vaga na Assembleia e já anunciou na TV o apoio de três ex-colegas do time, como o ex-atacante Paulo Nunes.

O deputado federal Danrlei, ex-goleiro, tenta a reeleição pelo PSD e faz dobradinha com Jardel na campanha.

Siga o blog Brasil no Twitter: @Folha_Brasil