Um mês depois, zoo de BH descobre sexo de gorilinha

Por brasil

PAULO PEIXOTO, DE BELO HORIZONTE

O bebê gorila que nasceu no zoológico de Belo Horizonte é macho. A descoberta foi feita somente nesta quarta-feira (3), quase um mês depois do nascimento, em 5 de agosto. Só agora biólogas do zoo puderam confirmar visualmente o sexo do animal.

A demora se deu porque a gorila Lou Lou, de dez anos, passa os dias e as noites com o filhote nos braços. Ele é o primeiro gorila nascido na América do Sul.

Até então, havia apenas uma suspeita, por causa de observação feita por um veterinário do zoo.

A Fundação Zoo-Botânica de Belo Horizonte informou que vai promover uma votação pública para decidir que nome terá o filhote.

“A eleição do nome deverá ser lançada durante a semana das crianças. Uma homenagem a todas as crianças que visitam e curtem o Jardim Zoológico de Belo Horizonte”, informou a fundação.

O pai do gorilinha é Leon, 16. Em breve, ele será pai pela segunda vez, já que Imbi, 14, a outra gorila que vive no mesmo recinto, está gravida.

Ela deverá ter o “bebê” até o fim de outubro. A gestação das gorilas dura nove meses, assim como a das mulheres.

X

 

Siga o blog Brasil no Twitter: @Folha_Brasil