Pequenos municípios puxam votos de Requião no Paraná

Por brasil

ESTELITA HASS CARAZZAI, DE CURITIBA

Em segundo lugar na pesquisa Datafolha, o candidato ao governo do Paraná Roberto Requião (PMDB) tem seu melhor desempenho em cidades com menos de 50 mil habitantes, onde vence todos os seus adversários.

Requião divide a liderança na disputa com o atual governador Beto Richa (PSDB), que tem 39% das intenções de voto. O peemedebista tem 33%. Eles estão tecnicamente empatados pela margem de erro (de três pontos percentuais para mais ou para menos).

Nos municípios menores, o cenário se inverte: Requião assume a liderança e tem 39% dos votos, contra 34% de Richa (também em cenário de empate técnico).

requião3
O senador Roberto Requião (PMDB) em atividades de campanha no interior – Foto: Divulgação

Curiosamente, isso ocorre a despeito da boa avaliação do tucano nessas cidades: 52% dos entrevistados nesses municípios consideram sua gestão boa ou ótima, seu melhor desempenho nesse quesito.

Para o cientista político Ricardo Oliveira, da UFPR (Universidade Federal do Paraná), o período em que Requião, que é ex-governador, comandou o Paraná, entre 2003 e 2010, ajuda a explicar seu bom desempenho nas pequenas cidades.

“Foi um período de vacas gordas, com crescimento econômico e políticas sociais”, comenta. “Na lembrança do eleitor desses municípios, foi mais positivo do que os quatro anos de Dilma e Beto Richa [2011-2014].”

Para Oliveira, Requião tem um “recall” positivo nesses lugares, também por se associar muito ao “governo para os mais pobres”.

Richa, por sua vez, vai melhor em cidades maiores, entre 200 e 500 mil habitantes, onde chega a 47% das intenções de voto, contra 24% de Requião.

O Datafolha ouviu 1.266 pessoas entre terça (12) e quinta-feira (14), em 46 cidades do Paraná. A pesquisa está registrada na Justiça eleitoral com o número PR-00014/2014.

Siga o blog Brasil no Twitter: @Folha_Brasil