Prefeitura faz até piadas para divulgar informações oficiais no Paraná

Por brasil

LETÍCIA MORI, DE SÃO PAULO

A Prefeitura de Curitiba comunica: se você se deparar com posts sobre personagens de filmes e polêmicas inventadas no perfil da administração municipal, atenção: a página não foi invadida.

O perfil inusitado para um órgão público, com postagens de músicas e piadinhas, faz parte da estratégia de mídia do governo municipal da capital paranaense desde março do ano passado.

Para anunciar a criação de uma nova unidade de conservação, por exemplo, a prefeitura diz que o local “não tem a finalidade de garantir o habitat dos Ewoks. Não há Ewoks em Curitiba, conforme já declaramos oficialmente em outras oportunidades.” Ewoks são criaturas fictícias da série Star Wars.

O perfil descontraído tem feito sucesso. Em um ano de existência, acumulou mais de 260 mil curtidas, sem ter contratado anúncios para “bombar” a página. E ganhou “fãs” –alguns que nem moram na cidade– que chamam a prefeitura carinhosamente de “Prefs”. Há também perfis no YouTube, no Twitter e no Instagram.

X

“Começamos devagar, mesmo porque não sabíamos como seria a reação das pessoas”, explica Marcos Giovanella, 31, diretor de internet e de mídias sociais.

Mas nem todas as respostas são positivas. Há quem estranhe a abordagem informal da prefeitura e diversas mensagens de pessoas reclamando de obras atrasadas e outros problemas municipais.

“É impossível agradar todo mundo, por isso nós também fazemos atendimento, respondendo reclamações”, diz o publicitário. Ele garante que a página só bloqueia posts quando eles contém palavrões e ofensas pessoais.

Com 11 anos de trabalho em agências de publicidade e especialização em gestão de crise, Giovanella foi convidado pelo prefeito Gustavo Fruet (PDT) a deixar o setor privado e coordenar a estratégia de internet. Depois da aprovação do projeto original, ganhou carta-branca. “Trabalhamos [também] a relação com as secretarias, porque as respostas dependem de outros órgãos.”

Com o crescimento da popularidade das páginas nas redes sociais, a equipe também cresceu. Começou com duas pessoas e hoje tem oito. O núcleo é variado: tem de ator a advogado, todos trabalhando com mídias sociais.